Como pesquisar marcas registradas

Quer criar um novo negócio e não sabe por onde começar? Pesquisando se o nome de marca que você almeja já existe! Saiba tudo nesse artigo.

Como pesquisar marcas

Empreender no Brasil é um verdadeiro desafio. Além de se preocupar com toda a burocracia referente à criação de um novo negócio, você também precisa estar atento no desenvolvimento da sua marca e nas melhores formas de resguardá-la e funcionar de acordo com a lei. Por isso, no artigo de hoje você vai aprender a como pesquisar marcas registradas.

Uma das principais ações quando criamos uma empresa é justamente a criação da marca propriamente dita. Para isso, você precisa garantir que o nome escolhido não seja usado legalmente por ninguém, então, consultar o nome da marca é essencial. Não, não basta apenas pesquisar no Google ou nas redes sociais, é preciso ir além. Quer entender melhor? Continue a leitura!

Como funciona o registro de marcas

O Registro de Marcas é feito por meio de uma solicitação para o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), órgão responsável por conceder os registros no Brasil. Somente após realizar esse procedimento você tem direito a utilização da marca com exclusividade em todo território nacional.

Ou seja, só é dono da marca quem efetivamente a registrar.

Contudo, ao tentar realizar o registro de uma marca, você pode ter o pedido negado. Mas por que? Porque já existe uma marca registrada com esse nome no mercado. É justamente por isso que saber como consultar marca registrada é tão importante.

Como pesquisar marcas

Como destacamos anteriormente, para checar a disponibilidade de uma marca, não adianta somente pesquisá-la no Google. O ideal é fazer uma consulta diretamente no site do INPI. Abaixo explicamos como fazer essa busca.

A pesquisa deve ser criteriosa, levando em consideração o logo e o nome completo, além de prefixos e combinações variadas. Então, vamos começar!

  1. Primeiro você deve abrir o site do INPI no seu navegador, preferencialmente em um computador. No menu lateral direito, tem uma página com o nome “Faça uma busca”. Ao clicar no link, pode aparecer uma janela com o seguinte comunicado “A sua conexão não é particular”. Não se preocupe, isso não representa nenhum risco. Clique em “avançado” e depois no link “Ir para gru.inpi.gov.br (não seguro)”.
  2. A segunda etapa consiste em selecionar a opção “Marca” na página que abriu. Ela vai te redirecionar para uma nova sessão.
  3. Com o formulário aberto, clique outra vez na opção “Marca”. Para iniciar a pesquisa, você precisa escolher no campo “Tipo de Pesquisa” a opção “Radical” e depois preencher no campo “marca” o nome da empresa que deseja verificar. Não preencha o campo “Classificação de Nice – NCL”.
  4. Ao clicar em pesquisar, o INPI pode apresentar duas situações: a primeira está relacionada ao fato de não existir um nome igual ao pesquisado na base de dados do órgão. Porém, isso não significa, necessariamente, que a marca está livre para registro. Mesmo que a tela acima surja em uma pesquisa, vale lembrar que a pesquisa é literal, então se existir uma marca com grafia diferente, mas com mesma fonética (mesmo som na leitura), no mesmo setor de atuação da sua marca, possivelmente o INPI irá negar o seu pedido.

Portanto, é fundamental explorar o maior número de variáveis na hora de fazer a pesquisa.

Como registrar um dos tipos de marcas?

Por ser um processo burocrático, o melhor é contar com uma empresa especialista e credenciada pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) para fazer o registro de marca para você. Deste modo, você evita desgastes e, claro, poderá usar o seu tempo para outras tarefas.

Foi pensando nisso que Giovanni Castagna Neto, agente de propriedade industrial, criou a nossa marca: a GCN & Associados. Somos uma empresa com quase 10 anos de experiência, credenciada junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e certificada pela Organização Mundial de Propriedade Industrial (OMPI). Ou seja, somos a solução que você procura!

Entre os serviços que disponibilizamos, temos:

  • Registro de Marcas (Brasil e exterior);
  • Registro de Patentes (Brasil e exterior);
  • Desenho Industrial (Brasil e exterior);
  • Direitos Autorais;
  • Registro de Software;
  • Avaliação de Marca;
  • Assessoria Jurídica.

Para entender melhor sobre esses assuntos, acompanhe nosso blog. Mensalmente traremos notícias sobre o mercado e sobre como funcionam todos esses processos burocráticos.

Até o próximo artigo!

Artigos em destaque

Oposição ao Registro de uma Marca

Oposição ao Registro de uma Marca – Saiba mais sobre esse processo!

Dentro do universo das marcas, existe uma solicita...

Artigos em destaque

Como funciona registro de marca

A Importância do Registro de Marca

O que é uma marca? Essencialmente, uma marca refe...

Artigos em destaque

Marca Nominativa

Marca Nominativa: o que é e como registrar

Existem muitas dúvidas na cabeça de empreendedor...

Artigos em destaque

Registrar nome artístico

Entenda por que é importante registrar nome artístico

Cazuza, Anitta, Fafá de Belém, Fiuk, Gal Costa, ...

Artigos em destaque

Marca tridimensional exemplos

Marca Tridimensional: o que eu preciso saber para registrar a minha?

Decidiu montar um negócio próprio e está planej...
Entre em contato e saiba como registar sua marca



telefone